quarta-feira, 10 de julho de 2013

Quando viver é a opção; Luciana Scotti

Foto: Arquivo Pessoal / Revista Marie Claire Julho/13

Desistir pode até ser a saída mais fácil... mas será que te fará feliz?

Esse questionamento me veio a mente quando li essa chamada:

"Mexo só um dedo, mas virei escritora", conta Luciana Scotti.
Ela sofreu um Acidente Vascular Cerebral aos 22 anos. Ficou tetraplégica e muda. Perdeu o emprego, o namorado, os amigos e hoje, 18 anos depois,mexe só o dedo médio da mão esquerda. Mas resolveu não parar. É fluente em três idiomas, cursa o segundo pós-doutorado, têm diversos livros e artigos publicados e coleciona prêmios." Via Skoob

E aí eu me perguntei...
 
Adoro conhecer histórias de pessoas reais que dividem conosco como não desistir mesmo frente a desafios tenebrosos... fico imaginando a dor, o abandono, puxa, nem sei tudo o de negativo que talvez iria sentir... é quando realmente percebo que tenho muito o que agradecer a Deus.

"Ser feliz tornou-se ao mesmo tempo algo muito mais simples e complexo."
Entrevista completa da Luciana leia aqui

:]
 

2 comentários:

Mira disse...

É verdade Mila, há pessoas que nos dão autenticas lições de vida e de
coragem, por isso valorizemos o que temos e agradece-mos a DEUS, beijo

Ana disse...

Puxa, a gente queixa-se e depois lê estas história e dá um nó na garganta!